Contabilidade

Imposto de Renda 2024: confira as orientações da Webmania®.

15 abr 2024 5 minutos de leitura

Tópicos

O processo de declaração do Imposto de Renda 2024 é mais simples do que parece; neste guia, vamos abordar o passo a passo com as principais informações.

A declaração do Imposto de Renda de Pessoa Física (IRPF) é uma ferramenta do Governo Federal que ajuda a acompanhar a evolução do patrimônio dos cidadãos brasileiros, verificando se estes estão pagando mais ou menos tributos do que deveriam. Por meio desse documento, os contribuintes informam seus rendimentos tributáveis e não tributáveis ao longo do ano-calendário.  

Para declarar o Imposto de Renda, os contribuintes têm três opções: 

A declaração pode ser feita com o preenchimento manual dos dados solicitados, a partir da Declaração de Ajuste Anual (DIRPF) do ano anterior, ou usando a declaração pré-preenchida, com dados atuais recebidos pela Receita Federal. 

Datas e prazos.

Em 2024, o prazo para entregar a declaração do Imposto de Renda começou em 15 de março e termina no dia 31 de maio. Mas é importante ficar atento aos prazos para evitar problemas fiscais, como multas e penalidades pelo atraso na entrega.

Documentos necessários.

Antes de iniciar o processo de declaração do Imposto de Renda, é necessário conferir se todos os documentos estão organizados e com fácil acesso. Entre eles, devem estar comprovantes de rendimento, informes de banco, recibos médicos e documentos de bens e direitos.

Documentos como RG, CPF e comprovante de residência já são de praxe. Recibos de doações e pagamentos ou recebimentos de aluguel também devem ser declarados. 

Você pode conferir a lista na íntegra clicando aqui

Modelo de declaração do Imposto de Renda.

Existem dois modelos de declaração de Imposto de Renda: os contribuintes podem escolher entre o simplificado e o completo. 

No modelo simplificado, é aplicado um desconto padrão de 20% sobre os rendimentos tributáveis, limitado a um determinado valor. Já no modelo completo, é possível deduzir despesas, como gastos com saúde, educação e previdência.

É preciso avaliar qual modelo de declaração é mais vantajoso para cada caso e, ao iniciar o processo, ter o máximo de atenção aos detalhes para evitar erros que possam gerar inconsistências e levar à malha fina; pode ser um dado preenchido incorretamente, rendimentos incompatíveis ou suspeita de fraude.

Após o envio do Imposto de Renda, o contribuinte pode acompanhar o status da declaração e verificar o cronograma de restituições no site da Receita Federal, caso tenha direito a receber o valor definido.

Declarar o Imposto de Renda de Pessoa Física (IRPF) pode parecer uma tarefa complexa, mas não se assuste! Seguindo as orientações da Webmania® e se organizando bem, o processo de declaração se torna tranquilo e eficiente. 

Dica de ouro: lembre-se de ficar atualizado sobre as normas e prazos estabelecidos pela Receita Federal. 

Fonte: Blog da Webmania®. Disponível em: https://webmaniabr.com/blog/mei-precisa-declarar-imposto-de-renda-pessoa-fisicairpf/

Governo Federal. Disponível em: https://www.gov.br/receitafederal/pt-br/assuntos/meu-imposto-de-renda

Assine nossa
newsletter

Fique sempre por dentro das
novidades com a Webmania