Pix: nova plataforma de pagamentos instantâneos do Banco Central

25/08/2020 • categoria:Tecnologia comentários •
Pix: nova plataforma de pagamentos instantâneos do Banco Central

A plataforma Pix, anunciada pelo Banco Central em fevereiro de 2020, funcionará como um sistema de pagamento instantâneo. O sistema de pagamento instantâneo funciona como uma transferência de valores monetários com a disponibilidade do fundo em tempo real ao usuário recebedor. Além disso, o  serviço de transferência de valores é disponível 24 horas por dia, 7 dias por semana e em todos os dias do ano, inclusive feriados.

Segundo o comunicado do Banco Central, o Pix estará disponível para a população brasileira a partir de novembro de 2020. Além disso, o projeto e lançamento da plataforma tem como objetivo aumentar a velocidade em que pagamentos e transferências financeiras são efetuadas, baixar o custo das operações, aumentar a segurança e melhorar a experiência dos clientes.

O Pix vai funcionar como uma nova opção além do TED e DOC, com inúmeras vantagens frente a essas modalidades de transferência bancária. Além do benefício do dinheiro ser transferido instantaneamente, as transferências irão custar apenas R$0,01 a cada 10 transações. Outra vantagem, é que não será necessário preencher todos os dados bancários do usuário recebedor, essas informações serão substituídas pela chamada “chave Pix”, essa chave pode ser o CPF, CNPJ, e-mail, número de telefone celular ou uma chave aleatória.

Além disso,  segundo o Banco Central, para a utilização do Pix não será necessário baixar nenhum aplicativo, ele será um meio de pagamento disponibilizado pelas instituições financeiras e instituições de pagamento em seus diversos canais de acesso, principalmente via celular. A data de lançamento do Pix está prevista a partir do dia 5 de outubro de 2020, para o início do cadastramento da chave Pix, estará disponível para toda população brasileira no dia 16 de outubro de 2020.

Fonte: https://www.bcb.gov.br/estabilidadefinanceira/pagamentosinstantaneos